quarta-feira, 13 de abril de 2011

Mercado de Varejo: Tendências e Expectativas

Escrito por: Raissa Rossiter

Cerca de 150 empresários, líderes empresariais e profissionais do setor de varejo se reuniram no auditório do Sebrae em Palmas, Tocantins, na terça-feira, 12 de abril, para discutir tendências e expectativas para o mercado de varejo no estado. O encontro foi uma realização do Sebrae e contou com o apoio da Fecomércio Tocantins, ACIPA - Associação Comercial e Industrial de Palmas – TO, CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas – Palmas – TO e Secretaria da Indústria, do Comércio e do Turismo do Governo do Estado de Tocantins.



O evento foi recheado de novidades e marcado por grande interesse dos presentes, com palestras que versaram sobre “Vendas no Varejo: a diferença entre atender e vender”, por Francisco Antônio Gomes dos Santos, do Grupo Pão de Açúcar; “A força e o futuro do Varejo brasileiro: dados e tendências”, por Raissa Rossiter, do Sebrae Nacional, e “E-commerce: incentivos ao comércio varejista de mercadorias, via Internet”, por André Pugliese, da Secretaria de Indústria e Comércio do Estado de Tocantins.

Na palestra de Francisco Antônio Gomes dos Santos, o ponto central foi a importância de se manter equipes de vendas motivadas, capacitadas e comprometidas com o cliente nos pontos de venda, com apresentação da experiência exitosa do Grupo Pão de Açúcar. No caso da palestra de Raissa Rossiter, após apresentar os números do crescimento do comércio varejista no país, o destaque foram as mudanças ocorridas na experiência de consumo e no perfil do consumidor, influenciadas pela força do comércio eletrônico, e as tendências de avanço do varejo verde, com adoção de práticas focadas na sustentabilidade e no consumo colaborativo. Foram também expostas as estratégias nacionais de atuação do Sebrae no apoio ao setor. Já André Pugliese ressaltou os avanços do comércio eletrônico, os incentivos disponíveis no estado para empreendimentos nessa área e as inúmeras possibilidades de se inovar na gestão do varejo por meio de novos formatos de negócios em que o consumidor ganha cada vez mais protagonismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário